TRANSVER

Ao indagar a memória dos lugares e dos objetos, encontramos representações que nos dão uma certa medida da transformação. Vemos imagens que retêm instantes do real. Vemos aquelas que expressam o imaginário. Ouvimos sons do passado. Lemos livros, abrimos antigos álbuns de fotografia.  Assistimos a filmes sobre histórias e mitos no tempo. Vivenciamos, ou apenas transitamos, em paisagens construídas por objetos sempre situados, testemunhos de existências humanas pelo mundo. Tais existências, por se localizarem como forças atuantes, transformaram espaços anteriores em lugares habitados; existências que assim erigiram paisagens culturais diversas — no tempo, no espaço, na memória — vistas em objetos, realidades e imaginários.

Imagens e sons são fontes essenciais da memória do mundo ao cruzarem fronteiras e penetrarem camadas do Tempo, revelando lugares significativos.

Aqui você verá imagens e vídeos, representações e memórias baseadas em alguns fragmentos de estudos na trajetória de um arquiteto e arqueólogo, artista e documentarista, a transitar pelo universo cultural da paisagem e dos objetos, suas representações imagéticas e sonoras.